Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Uma História em Fonte Boa dos Nabos (Concelho de Mafra)

Noite de verão, arraial ao ar livre.

 

A banda chegou, montou o material, ligou fios, etc. etc. etc.

 

Tudo pronto para tocar...

 

Às 22:00, arranca a primeira música... e passados dois ou três minutos os músicos começam a olhar uns para os outros, pois notava-se ali uma desafinação qualquer que depressa se transformou numa ensurdecedora cacofonia.

 

Lá tentámos continuar... e lá se acabou a música...

 

Tivemos de parar para ver o que acontecera... e procedemos à audição dos instrumentos.

 

Toca a guitarra-solo isolada... tudo ok!

 

Toca a guitarra-baixo isolada... tudo ok!

 

Toca o teclado isolado ... tudo ok!... hmmm... esperem... HÃ???... de repente isto "subiu" a nota???.. Como assim?!?!...

 

Pois... desta vez, e ao contrário do que é habitual, era o meu teclado que estava desafinado. Mas como????

 

(Esclareço que este teclado a que me refiro na história nada tem a ver com aqueles que actualmente possuo... era um sintetizador com circuitos integrados que apenas emitia meia dúzia de frequências e mais nada...)

 

De repente, a resposta veio sob a forma de uma diminuição da intensidade de corrente...

 

Pois!... Naquele tempo, havia muitas localidades nos arredores de Lisboa que tinham uma corrente eléctrica fraquíssima, ao ponto de aqueles que possuíam televisores serem obrigados a ligá-los a estabilizadores de corrente para poderem assistir aos programas.

 

E foi precisamente com o recurso a um desses estabilizadores, que um dos elementos da Comissão de Festas prontamente disponibilizou, que a banda pôde continuar a sua actuação... com músicas afinadas (se eram bem ou mal tocadas... hmmmm... pois... rsss)

 

Eis-nos chegados ao final da actuação...

 

Feitas as despedidas ao público e tocada a "mais uma" canção da ordem, começámos a desligar o material.

 

De repente, ouvimos cá de baixo uma vozinha muito fininha a dizer algo, que não fazia muito sentido...

 

Olhámos na direcção da voz e vimos... ... ora bolas!, só cá faltava este!...

 

O "tolo" da terra tinha decidido vir chatear a cabeça aos elementos da banda... Só que...

 

Este deficiente, ao contrário de muitos outros que sofrem de mongolismo, tinha a mania de falar em "falsete"...

 

Olhem só com quem ele se veio meter!!!!...

 

De repente, eis cinco homens de barba rija em cima de um palco... todos a conversar em "falsete" sobre os assuntos mais corriqueiros deste mundo, enquanto o pobre deficiente, sentindo-se troçado (e com toda a razão, claro! ) os invectivava com a sua vozinha aflautada e usando todo o "reportório" possível e imaginário de palavrões...

 

Esta foi uma das cenas mais cómicas em que participei, podem crer!!!

 

 

Visitante

Sinto-me:
Música: "Electricity"

Publicado por Visitante às 13:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
4 comentários:
De Patroa a 8 de Abril de 2008 às 11:20
Amigo Visitante (esta é boa, fui bem apanhada! e eu que pensava que você era anónimo, heim?) ... olhe que cantar em falsete já de si é só para alguns que o fazem bem, mas outros há que tentam e aí o melhor é levar as senhoras ao bufete...mas chorrilho de palavrão em falsete é coisa que só visto - ou ouvido -, bem posso imaginar a cena que foi! A sua descrição está muito engraçada e fiel, fez-me lembrar os velhos tempos do "jogo da bola" em que se andava com a baliza às costas!

Um ab..., está bem, tome lá um beijinho da

Maria Ventura


De Visitante a 8 de Abril de 2008 às 13:29
Olá Maria

Obrigado pelo comentário e pelo beijinho

Sinta-se à vontade para estacionar a sua roulotte neste arraial....

E divirta-se com o resto das histórias que eu conto neste blog.

Beijinho
Visitante
(que tem rosto e nome, além de muita carne e algum osso )


De PrincesaVirtual a 3 de Setembro de 2008 às 14:45
Olá boa tarde,

se me puder dar as dicas agradeço...

Pode utilizar o e-mail que tenho no meu blog PrincesaVirtual@sapo.pt.

De qualquer das formas sinto-me mais curiosa em saber o que se poderá fazer, do que convicta que o tal senhor possa ser «exposto».

Mas ainda assim agradeço a sua resposta às minhas questões.

Cumprimentos


De Visitante a 3 de Setembro de 2008 às 15:01
Já mandei o e-mail, fi-lo ainda de manhã.

Visitante


Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Uma história em Catraia d...

Uma História em Inguias (...

Uma História em Serreira ...

Uma história em Fundada (...

Uma História em Murteira ...

Uma História em Fonte Boa...

Uma história nos Foros de...

Uma História entre Setúba...

Uma História em Terena (C...

Uma História (em várias v...

Arquivos

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Janeiro 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

Já assistiram ao espectáculo:

Web Hit Counter
Instant Cash Advance

Número de Espectadores Presentes:

online
SAPO Blogs

subscrever feeds