Domingo, 16 de Setembro de 2007

Uma história nos Foros de Salvaterra

 

Noite de verão, arraial ao ar livre.

 

A banda chegou ao recinto... e os músicos esfregaram as mãos de contentes...

 

Essa noite iria ser de "dia santo na loja", pois estava programada a actuação de um artista, nome bem conhecido na nossa praça.

 

A banda foi actuando, com as habituais canções próprias de um arraial popular. E o pessoal estava a gostar.

 

Chegou o momento de actuar o famoso artista.

 

A Comissão de Festas pediu-nos o favor de anunciar o nome do artista. Nós tivemos o cuidado de referir que iria actuar o artista, bem como os seus músicos e técnicos.

 

E eis que o artista inicia a actuação com os seus êxitos...

 

Entre cada canção (vocês não vão acreditar no que vão ler, mas é verdade!), o homem comunicava com o público com "preciosidades" como estas:  "OH JEVENTUDEEE!!!", "ONTE ESTIVE EM 'TAL PARTE' ".

 

(Isso mesmo, a pronúncia era essa!!!)

 

A cada "calinada" que o homem debitava cá para fora, o "tal-músico-de-1m80-de-altura-e-mais-de-100-kg-de-peso" (adivinhem quem  ...) deitava as mãos à cabeça e levantava os olhos ao alto, pedindo ajuda divina...

 

Mas Deus, possivelmente, estava com os ouvidos tapados com algodão para não escutar tamanhos disparates...

 

A certa altura, o artista lembrou-se de pedir aplausos para toda a gente que integrava o arraial: Comissão de Festas, Junta de Freguesia, feirantes, público em geral...

 

...enfim... só faltou o Primeiro-Ministro, o Presidente da República... e o GRUPO DE BAILE!!!

 

Pois é!... O ilustre artista da nossa praça esqueceu-se (será que se esqueceu?) de mencionar aqueles tipos que, por um mero acaso, tocavam uns instrumentos e o faziam no outro palco...

 

Isso caiu-nos muito mal. Afinal, ele "esqueceu" oficiais do mesmo ofício... Isso apenas demonstrou a "qualidade" da pessoa, para além do artista...

 

A nossa "vingança" serviu-se fria: Quando o artista acabou a sua actuação, dissemos ao público: "Depois do artista (olvidando o nome dele), dos seus músicos e técnicos, o Grupo Musical "..." retoma a sua actuação. Esperamos que se divirtam connosco e com a nossa boa música".

 

Eu sei que pareceu um pouco arrogante este anúncio, mas foi mais forte do que nós.

 

Cumprindo o que declarei há uns meses atrás, ao iniciar este blog, o nome do artista não é divulgado. Mas desta vez deixo uma pista...

 

Visitante

 

Sinto-me:
Música: "Azar na Praia"

Publicado por Visitante às 21:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
5 comentários:
De Augusto P.Gil a 17 de Setembro de 2007 às 10:46
Amigo da esquina de cima, como sempre divito-me a ler as tuas histórias, já tinha saudades delas eheheh.
Esta foi boa, vou investigar para saber quem era o artista...
Um abraço do Amigo da esquina de baixo.


De Visitante a 17 de Setembro de 2007 às 12:26


Só falta aqui a lupa...


De MJose a 25 de Setembro de 2007 às 22:43
Hummm.....
Pois
Por acaso nem faço ideia que seja!!!!!!
Acho que nem com uma Lupa....
Mas parece-me que se chegar lá.... Talvez nem me surpreenda!!
Eu nem digo o que penso dessa atitude de alguem que apenas não sabe respeitar o seu próximo.

hoje saiu meio sério este comentário

E agora lá vou eu tentar desvendar este "misterioso"

volto se precisar de alguma pista, pode ser :)

Um abraço

tudo de bom


De Patroa a 7 de Maio de 2008 às 21:06
Amigo Visitante, como está, tudo bem consigo?
Vim aqui para ler mais uma das suas cenas quero dizer que não dei o tempo por perdido, pelo contrário, ri-me perdidamente com a descrição do "grand'artista" que o Visitante fez. Deixe-me que lhe diga, o Grupo fez muito bem em "vingar-se", há uma grande diferença entre quem tem o rei na barriga e pensa que é gente importante, e há quem tenha a barriga "vazia" (Deus queira que não seja o caso...!) mas uma grande nobreza. Quer ouvir uma? QUando era miúda, ia sempre passar as férias de Agosto a uma aldeia muito bonita prós lados de Celorico da Beira. Aquilo era primos porta-sim-porta-sim, e havia sempre grande animação em Agosto não só porque chegava eu e não parava quieta, a minha Mãe passavas os dias mais "animados" do ano, e não só, porque esse mês era o da festa anual da padroeira lá do sítio, salvo erro N. Sra. da Conceição. Uma vez uma cantora muito bem conhecida da nossa praça não só pela voz mas pelo ginásio que tem em casa (deixo uma pista também...). foi lá cantar e...olhe, sabe o que é ela a meter-se com os machos latinos lá da terra, de tal modo que até fez músculo em palco, tipo "comparem lá os vossos "bícepes" aos meu..."? Nem queira saber o que aconteceu...só sei que quando saiu do palco nunca mais a vimos, e olhe que só havia uma saída do recinto!
Fico-me por aqui!
Um abraço, Visitante! Saúdinha!

Maria Ventura


De Visitante a 9 de Maio de 2008 às 18:05
Olá Maria

Obrigado pelo seu comentário.

Se é a cantora que eu penso (infelizmente já falecida), devo dizer-lhe que ela tinha sempre esse tipo de apresentação onde quer que fosse.

A ser essa cantora, deve ter sido a que mais vezes eu apanhei no decurso da minha vida de "tocador de baile".

Em abono da verdade, devo dizer que, para lá da sua exibição, era uma pessoa bastante simples ... e muito, mas mesmo muito, simpática para com o pessoal dos conjuntos.

Beijinho
Visitante


Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30
31


Posts recentes

Uma história em Catraia d...

Uma História em Inguias (...

Uma História em Serreira ...

Uma história em Fundada (...

Uma História em Murteira ...

Uma História em Fonte Boa...

Uma história nos Foros de...

Uma História entre Setúba...

Uma História em Terena (C...

Uma História (em várias v...

Arquivos

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Janeiro 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

Já assistiram ao espectáculo:

Web Hit Counter
Instant Cash Advance

Número de Espectadores Presentes:

online
blogs SAPO

subscrever feeds