Sábado, 26 de Maio de 2007

Uma história no Sobreiro (concelho de Mafra)

Tarde e noite de verão, arraial ao ar livre.

 

A meio da tarde, cinco encalorados músicos atacavam as músicas do seu reportório, fazendo rodopiar os pares no arraial.

 

E encalorados porque o palco, embora espaçoso (coisa rara naquele tempo, pois as Comissões de Festas achavam que autênticos "cubículos" onde mal cabiam acordeonistas - com todo o respeito que estes últimos me merecem... - tinham de albergar cinco músicos e o seu material... manias, pronto!!!...), não tinha qualquer cobertura...

 

A uma certa altura, os cinco músicos já exibiam garbosamente lenços com pontas atadas em cima de outras tantas cabeças, improvisando uns tão cómicos quanto ridículos chapéus...

 

Era o que se podia arranjar, pois o sol caía a pino...

 

Só que...

 

...No caso do "tal-músico-de-1m80-de-altura-e-mais-de-100-kg-de-peso" (adivinhem quem  ...), o remédio foi tardio... Tinha começado a sentir uma dorzinha de cabeça localizada no parietal esquerdo... e isso era sinal de sarilho...

   

Quando terminou a "matinée" (cerca das 20:00), os músicos sentaram-se à mesa para jantar.

 

O  "tal-músico-de-1m80-de-altura-e-mais-de-100-kg-de-peso" (adivinhem quem  ...) ainda pediu um bife grelhado sem qualquer acompanhamento... e uma garrafa de água natural...

 

Qual quê?!?!?... Assim que o bife entrou no estômago do pobre "músico-de-1m80-de-altura-e-mais-de-100-kg-de-peso" (adivinhem quem  ...), depressa tomou um rápido caminho de retorno pela mesma via...rss

 

O pobre desgraçado estava com um ataque de "figadeira" provocado por uma insolação...

 

E quando assim era, tudo o que "entrava" ... "saía", nem que fosse uma saudável "Água das Pedras" !!!!

 

Só havia uma solução para este caso, que já tinha resultado anteriormente: uma ligeira "passagem pelas brasas" de 20 a 30 minutos, para acalmar o organismo.

 

E assim fez.

 

Dirigiu-se à carrinha de transporte do material, estendeu-se no banco dianteiro... e adormeceu que nem um santinho...

 

Acordou 40 minutos mais tarde, com o troar da aparelhagem a fazer o "check sound"..

 

Retornou ao palco... e experimentou a beber um pouco de água.

 

"Ficou"...

 

Daí a poucos minutos... uma bolacha de água e sal.

 

"Ficou"...

 

Uma hora mais tarde, uma boa dose de água natural.

 

"Ficou"...

 

Pois bem, meus amigos:

 

Ao fim da noite, já o "tal-músico-de-1m80-de-altura-e-mais-de-100-kg-de-peso" (adivinhem quem  ...) estava a comer...

 

... não uma bolacha de água e sal...

 

... não um prato de peixinho cozido...

 

... não um prato de bifinho grelhado...

 

mas sim ...

...

TARÁÁÁÁÁÁÁÁ!!!...

...

C A R N E    D E    P O R C O  "À S   M E R C Ê S" ! ! ! !

 

 

Visitante

 

 

 

Sinto-me:
Música: "Don't Let the Sun Go Down on Me" (Elton John)

Publicado por Visitante às 02:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
2 comentários:
De apokalypsus a 31 de Maio de 2007 às 16:46
Caro Visitante e Colega de infortúnios
O que eu me deliciei com os seus posts deste seu magnífico Blogue! Pode crer que não é "gracinha" nenhuma e já vai ver porquê.
É que eu também sou (fui) músico de estrada (Grupos de Baile) e conheço perfeitamente todas as cenas (e mais algumas que não contou) que descreveu nos diversos locais por onde passou.
Fantástico, que é a primeira vez - em muitos anos que ando pela Net - que me deparo com um local escrito por um companheiro da música!
Gostaria que me contactasse para saber a que Grupo pertencia já que até pode dar-se a casualidade de nos conhecermos! Posso dizer-lhe que, em Grupos de Baile andei, pelo menos, 45 anos (tenho agora 61) e comecei em 1956 numa "troupe" de uma Colectividade do meu Bairro (Lisboa) pois nessa altura não existiam Conjuntos, nem guitarras eléctricas, nem Beatles, nem Shadows...
Na estrada, andei uns bons 25 a 30 anos, misturando com hotéis, restaurantes, colectividades, casamentos e o diabo a sete, a actividade de que tanto gostava. Dar baile aos outros! :-))
Um abração para si e continua a sua divulgação pois estas "estórias " são do melhor que podem existir.


De Visitante a 31 de Maio de 2007 às 22:27
Olá Apokalypsus.

Bem vindo a este meu blog.

Obrigado pelo teu comentário.

Estas histórias apenas têm por intenção divertir quem as lê.

De qualquer modo é divertido relembrarmos as tropelias que eu acho que só acontece a quem andou na estrada estes anos todos ... RSSS

Um abraço
Visitante


Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Uma história em Catraia d...

Uma História em Inguias (...

Uma História em Serreira ...

Uma história em Fundada (...

Uma História em Murteira ...

Uma História em Fonte Boa...

Uma história nos Foros de...

Uma História entre Setúba...

Uma História em Terena (C...

Uma História (em várias v...

Arquivos

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Janeiro 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

Já assistiram ao espectáculo:

Web Hit Counter
Instant Cash Advance

Número de Espectadores Presentes:

online
SAPO Blogs

subscrever feeds