Segunda-feira, 2 de Abril de 2007

Uma história em Freiria (concelho de Torres Vedras)

Como nota prévia, devo informar que esta terra "já existia" antes de lá ser gravada a "Floribella"... E a prova disso mesmo é a minha presença no local há alguns anos atrás.

 

Mas vamos à história:

 

Tarde de inverno, na colectividade local.

 

A banda chegou e "assentou arraiais" (que é como quem diz, montou o seu material).

 

Os carregadores transportavam os caixotes contendo tudo aquilo que era necessário para a actuação (sim, porque não basta só cantar meia-dúzia de "pimba-pimbas", é preciso que estes sejam audíveis... e a audição o menos intragável possível...).

 

Os músicos iam trocando as habituais piadas sobre futebol e não só... .

 

Enquanto procedíamos á ligação dos cabos, reparei num moço que estava sentado numa cadeira do salão a olhar para nós.

 

É frequente a presença de elementos (principalmente os mais jovens) das direcções das colectividades nos salões durante a fase de montagem do material. Assim e porque já estávamos habituados, não demos grande importância à presença do rapaz.

 

E pronto...

 

O material estava todo montado, os instrumentos ligados e tudo a funcionar a 100%... só faltava fazermos o "check sound".

 

E começámos a tocar a música que usávamos para o efeito: a canção "I GOT MY MIND (SET ON YOU)", na versão de George Harrison.

 

E foi com os olhos esbugalhados de espanto (pois nada, mas mesmo nada!, o fazia prever...) que vimos o moço saltar da cadeira e começar a rebolar no chão como se fosse um autêntico CHIMPANZÉ a mostrar satisfação e prazer!!!

 

Afinal, não estávamos na presença de um director; estávamos, isso sim, a olhar para um deficiente mental que se deleitava com o ritmo vigoroso daquela música.

 

Em vários anos de bailaricos por vilas e aldeias deste país, nunca tínhamos visto tal coisa...

 

Olhámos uns para os outros... e tivemos de conter o riso, dadas as circunstâncias... mas o baterista, atrás dos seus "tachos e panelas", pode rir-se à vontade...

 

... O pior é que ele, ao atirar a cabeça para trás a rir-se... tombou do banco abaixo... o que soltou o nosso riso de vez.

 

Escusado será dizer que se instalou o caos naquele "check sound"...

 

A imagem mais forte que me ficou daquela tarde foi a do moço a rebolar na sala...

 

E, vista à distância, essa cena, embora insólita, pouca piada teve.

 

 

Visitante

 

 

 

 

 

 

 

 

Sinto-me:
Música: "Land of Confusion" (Genesis)

Publicado por Visitante às 22:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Uma história em Catraia d...

Uma História em Inguias (...

Uma História em Serreira ...

Uma história em Fundada (...

Uma História em Murteira ...

Uma História em Fonte Boa...

Uma história nos Foros de...

Uma História entre Setúba...

Uma História em Terena (C...

Uma História (em várias v...

Arquivos

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Janeiro 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

Já assistiram ao espectáculo:

Web Hit Counter
Instant Cash Advance

Número de Espectadores Presentes:

online
SAPO Blogs

subscrever feeds